Pai de Neymar fabricava chinelos

Neymar inaugura instituto para ajudar crianças em São Paulo

A um custo de R$ 25 mi e com o apoio da Fundação Barcelona, o Instituto Projeto Neymar Jr. vai atender inicialmente cerca de 2,3 mil crianças.

 
 
 

O craque Neymar inaugurou, nesta terça-feira (23), um instituto para ajudar crianças de Praia Grande e da região litorânea de São Paulo.

A chuva forte não afastou os fãs – que ocuparam a arquibancada e também o gramado do campo de futebol – nem os convidados ilustres. O idealizador do projeto foi o último a chegar.

Na infância, Neymar morou há poucos quarteirões de onde está instalado o instituto, no Jardim Glória, na Praia Grande, litoral paulista. Com o projeto, que ocupa uma área de 8,4 mil metros quadrados, a vontade do atacante é não permitir que as crianças da região passem agora pelas mesmas privações que ele passou.

“Eu sei o quão difícil foi a minha infância e sabia que a gente não teve oportunidade. Então, isso aqui é uma porta gigante para que a gente possa estar dando oportunidades para as pessoas do bairro, que é muito carente”, diz Neymar, atacante do Barcelona.

A um custo de R$ 25 milhões e com o apoio da Fundação Barcelona, o Instituto Projeto Neymar Jr. vai, a partir de fevereiro, atender inicialmente cerca de 2,3 mil crianças. Para participar, precisam ter entre 7 e 14 anos, estar matriculadas em escolas públicas do município, ter 90% de frequência escolar e viver em famílias com renda de até R$ 140 por pessoa.

Uma sala não será utilizada por alunos e sim por pais e responsáveis que vão aprender alguns cursos profissionalizantes. Não por acaso, o primeiro será sobre a fabricação de chinelos. É que durante muito tempo, o pai de Neymar sustentou a família com essa atividade.

“É o nosso coração que está aqui. Tudo o que a gente está fazendo aqui é o que a gente sonhou, é o que a gente lutou bastante para estar deixando para todo mundo”, destaca Neymar.

 

Fonte: http://g1.globo.com/